Solenidade de 2011

por Bruno publicado 06/03/2015 15h55, última modificação 07/05/2015 11h09
Homenageados na Solenidade de 2011
2011 - Cornélia Jessica Moreira Manes

Cornelia Jessica Moreira Manes nasceu em 20 de maio de 1952 em Castro. Filha de Maria da Conceição Moreira Manes e Gemico Aldo Lugi Manes, estudou o primário no Colégio São José e o ginásio no Colégio Estadual Major Vespasiano Carneiro de Mello. Em 1968 a família mudou-se para Brásília, Distrito Federal, e lá ela cursou o segundo grau na Escola Normal Nossa Senhora de Fátima. Em meio a outras seis irmãs e um irmão, Cornelia começou a trabalhar com 12 anos. Em Brasília, prestava serviços na faculdade pela manhã, como bolsista, trabalhava na Câmara dos Deputados a tarde como secretária e a noite estudava. Formou-se em Direito pela Universidade Federal Fluminense em Niterói no Rio de Janeiro e em Relações Internacionais no Centro Universitário Euroamericano em Brasília. Foi analista legislativo da Câmara dos Deputados e aposentou-se em 1998. Do ano de 2006 a 2010 foi assessora político orçamentária do Deputado Waldemir Moka (PMDB- MS) e, atualmente, é coordenadora política de Waldemir Moka no Senado.

Ulisses Galetto

 Ulisses Galetto é Mestre em História e integrante do Grupo Fato como músico, contrabaixista e porta-voz, arranjador, compositor, produtor executivo, técnico de gravação, edição e mixagem. Com o grupo produziu cinco CD's, sete shows diferentes e um videoclipe, e apresentaram-se em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre, Corumbá, Londrina e em Paris durante as comemorações do "Ano do Brasil na França". Teve as primeiras aulas de violão com o pai aos 10 anos de idade e integrou em 1979, como trombonista, a Banda Mirim Bento Mossurunga. Seu nome em registro é Ulisses Quadros Moraes, mas em homenagem ao pai cujo sobrenome é Galetto, decidiu que este seria seu nome artístico. galetto executa seu trabalho na produção de filmes e peças teatrais e produz desde 1997 o programa "Fora do Eixo-a música sem contrato" na Rádio Fm Educativa do Paraná em Curitiba, e FM UEL, em Londrina. Recentemente publicou pela editora Annablume o livro "A modernidade em construção- políticas públicas para artes e culturas" e através dele conquistou o prêmio nacional de critica de produção em música. Desde 1997 é integrante da Coordenação do Fórum das Entidades Culturais de Curitiba, tendo participado ativamente da reelaboração do texto da lei Municipal de Incentivo à Cultura em 1999

Luiz Carlos Ramos

 Luiz Carlos Ramos nasceu em 25 de maio de 1961, filho de Odete e Francisco Ramos e irmão de Eliane, Denize, Nelson e Elenise.Com a mãe, professora, descobriu o amor pela leitura, e com o pai, instrumentista, o amor pela música. Ramos é casado com Vastí Ferrari Marques, e tem dois filhos: Lucca  e Ana Paula.Estudou no Grupo Vicente Machado e no Colégio Vespasiano Carneiro de Mello. Aos 18 anos, ingressou no Seminário Presbiteriano do Sul, em Campinas. Já bacharel, em 1984, começou seu ofício como pastor em pequenas igrejas na vila e no sertão. Coordenou o Centro Ecumênico Brasileiro de Experiências Pastorais- CEBEP, por 10 anos em Campinas.Pastor Metodista e Teólogo, é graduado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul, Mestre e Doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo , da qual hoje é professor. Na faculdade coordena o setor de Liturgia, é editor do anuário litúrgico e integra o Colegiado do Curso de Teologia e do Conselho de Faculdade/ Congregação. Além disso, é Pastor nomeado para o Campo Missionário Distrital em Jaguariúna e Pastor Colaborador na Capela da Serra.Da sua preocupação com o meio ambiente nasceu o livro "Diva, a latinha que entrou para a história , no qual diz acreditar no eterno.