Ano de 2015

por Assessoria de Comunicação publicado 24/08/2015 15h20, última modificação 24/08/2015 15h20
Homenageados no ano de 2015.

Renata Macedo de Paula

      Formada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná com especialização em Política de Atendimento à Criança e ao Adolescente, a castrense Renata Macedo de Paula, filha de José Sidney de Paula e Maria Vilma Macedo de Paula, dedicou 20 anos de sua carreira à gestão da Prefeitura de Castro. Durante sua gestão como Secretária Municipal da Criança e do Adolescente implantou o primeiro Centro de Educação Infantil e foram criados vários programas, como: Sentinela, Pelotão do Futuro, Karatê Piá no Esporte e da Rua para Escola. Em 2005 assumiu a Secretaria Municipal de Planejamento e modernizou a administração pública, apostando também na capacitação dos servidores.  É autora do Livro Política de Atendimento dos Direitos da Criança dos Direitos da Criança e do Adolescente do Estado do Paraná, apresentou a oficina do Programa de Capacitação Permanente na Área da Infância e da Adolescência do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Paraná no Fórum Social Mundial realizado em Porto Alegre no ano de 2003. A partir do ano de 2013 passou a trabalhar na unidade da Cargill em Castro, como Coordenadora de Responsabilidade Social.

Lauro Lopes e Glaci Ribas Lopes

         Nascido em 16 de maio de 1929, Lauro Lopes é filho de Licínio Lopes e de Anna Maria Richter Lopes. É contador, advogado e agropecuarista. Vereador entre os anos de 1963 a 1968, Vice Prefeito na administração de Rivadávia Menarim entre 1969 a 1971, e Prefeito de Castro de 1972 a 1977. Sua gestão destacou-se na história da cidade pelo número de escolas edificadas, construção de novas estradas rurais e de mais de 70 pontes, e investimentos em saneamento, manilhamentos, cascalhamentos de estradas, iluminação pública, água e esgotos.   Participou das diretorias do Clube União e Progresso, Sociedade Educacional 1890, Castro Clube de Campo e do Asilo São Vicente de Paulo, de onde foi contador por muitos anos de forma gratuita e solidária. Fundador do Movimento Familiar Cristão e Sócio Fundador do Rotary Club de Castro. Presidiu o Lions Clube de Castro e a Associação dos Municípios dos Campos Gerais; fez parte da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra; e pertence a Diretoria da Federação da Agricultura do Estado do Paraná, onde ocupa o cargo de Conselheiro Fiscal. Quando sua esposa Glaci Ribas Lopes assumiu a Presidência do Legislativo de Castro, já não exercendo o mandato de Prefeito, ocupou o cargo de Assessor Jurídico da Câmara, através da Portaria 08/83, contribuindo com todo o seu vasto conhecimento jurídico ao Município, sendo nomeado sem remuneração. Fundou a Associação Rural de Castro, hoje denominada de Sindicato Rural de Castro, do qual assumiu a Presidência por vários mandatos, sendo o atual Presidente da instituição.

         Glaci Ribas Lopes é Técnica em Contabilidade formada pela Escola Técnica de Comércio Fátima. Filha de Agenor Moreira Ribas e Leonor Baroni Ribas, nasceu em 19 de março de 1934. Presidiu a antiga LBA – Legião Brasileira de Assistência, o Conselho Fiscal da Escola de Educação Familiar e Rural de Castro, o Grêmio Esportivo Cacique nos anos de 1971 a 1975, sendo a primeira mulher a ser eleita como dirigente de um time de futebol,  e o Clube de Mães da Assistência Nossa Senhora do Rosário. Foi Diretora Social da APAE, participou da Diretoria do Asilo São Vicente de Paula (Vicentino) por muitos anos, e dos Jogos Abertos do Paraná e dos Estudantis da Primavera, representando Castro e várias Escolas entre os anos de 1970 a 1976. Coordenou e organizou inúmeros Baile de Debutantes no Clube União e Progresso e Sociedade Educacional 1890. Foi Secretária Executiva da PROVOPAR, Vice Presidente da Casa da Amizade do Rotary Clube de Castro, e 1ª Secretária do Conselho Comunitário do Hospital “Anna Fiorillo Menarim”. Assumiu todos os cargos e funções citados acima sem remuneração. Como Primeira Dama, na gestão de seu esposo ex-Prefeito Dr. Lauro Lopes, teve atuação importante em inúmeros movimentos sociais e de caráter assistencial. Glaci elegeu-se vereadora por três mandatos consecutivos e entrou para a história política de Castro como a primeira mulher a assumir o honroso cargo de Presidente do Poder Legislativo de Castro entre os anos de 1983 a 1984. É autora do projeto de lei e responsável pela inclusão do Jeca- Jogos Estudantis de Castro dentro da Lei Orgânica Municipal, sendo este o maior evento esportivo do município até os dias de hoje.

         Os castrenses Lauro e Glaci casaram-se em 14/11/1953 e tiveram 5 filhos: Jussara Lopes Gomes, professora (casada com Eduardo Medeiros Gomes, bancário); Marcio José Lopes, médico veterinário (casado com Maria Emília do Rosário Nocera Lopes, farmacêutica); Mario Luiz Lopes, dentista; Mozar Tadeu Lopes, advogado (casado com Elusanara Carneiro Lopes, professora) e Jucimara Lopes, farmacêutica (falecida em 2008). O casal tem 10 netos e 2 bisnetas.