Centro Ocupacional do Idoso receberá gradil

por Assessoria de Comunicação publicado 14/10/2015 17h39, última modificação 14/10/2015 17h39
Vereadores aprovaram abertura de crédito que assegurará as despesas de instalação

              Na tarde desta quarta-feira, 14 de outubro, os vereadores castrenses reuniram-se para a realização da segunda sessão ordinária do referido mês. Em reunião plenária eles aprovaram, após discussão e votação única, dois projetos de lei e quatro requerimentos.

                Os dois projetos são de autoria do Executivo Municipal e através deles este Poder revoga as Leis n° 2.400 e 2.401/2011, visto que as mesmas nomeavam ruas da cidade que já possuíam denominação, e o autorizam a abrir crédito adicional suplementar no valor de R$ 75.000,00 para assegurar despesas com a contratação de serviços para confecção e pintura de gradil para cercar o Centro Ocupacional do Idoso.

                O vereador José Otávio Nocera (PMDB) requisita, através de uma das proposições, que sejam enviadas informações quanto a existência de projeto que prevê a construção de banheiros com acessibilidade a portadores de necessidades especiais no Posto de Saúde Jeová Ribeiro. Aline Sleutjes Roberto (PSDC), por sua vez, solicita que o Executivo realize estudos para a criação de calçadão na Rua Doutor Jorge Xavier da Silva na época de Natal.

                Já o parlamentar Herculano da Silva(PSL), assina dois documentos em que requer Voto de Congratulações aos professores e aos médicos pela comemoração dos dias dedicados a estas categorias, respectivamente, 15 e 18 de outubro.

                Constavam na pauta para passar por primeira votação três projetos de lei complementar e um projeto de lei ordinária. Os projetos de lei complementar n° 05 e 07/2015 receberam pedido de vistas da vereadora Aline Sleutjes Robero (PSDC), e o n° 09/2015, pelos parlamentares Maria de Fátima Barth Antão Castro (PMDB) e José Otávio Nocera (PMDB). As solicitações foram acatadas pelo Presidente da Casa, vereador Gerson Sutil (PSB), que concedeu um prazo de cinco dias para análise.

                A única matéria apreciada neste turno foi o projeto de lei n° 163/2015 que reverte ao patrimônio público municipal o imóvel localizado na Colônia Santa Clara, doado a empresa Auto Posto Juli Ltda. através da Lei n° 1.138/2002, tendo em vista o descumprimento dos encargos previstos na referida legislação, deixando de atingir o fim econômico-social a que se destinava.  Esta matéria passa por segunda votação na próxima sessão.

                Também foram apresentadas em plenário três indicações apontando necessidades da comunidade castrense. José Otávio Nocera (PMDB) solicita o patrolamento com urgência da Rua Arthur Ehalt, que dá acesso à estrada para a Colônia Terra Nova e Aline Sleutjes Roberto (PSDC) medidas de segurança na Ponte de Zinco e melhorias na Rua Renato Menarim nas proximidades do Cemitério da Vila Rio Branco.

                A sessão foi acompanhada por alunos do Ensino Técnico do Colégio Estadual Professora Edina Woellner Sviercoski e do curso “Viver e Adolescer com Qualidade de Vida”, promovido pelo Programa Geração Futuro da Unidade Cargill de Castro, em parceria com o Senac e a Prefeitura Municipal.

                A próxima reunião ordinária será realizada na quarta-feira, dia 21, às 14 horas, na sede da Câmara Municipal.