Destinação do prédio do Restaurante “Vó Marilda”

por Assessoria de Comunicação publicado 25/05/2016 17h00, última modificação 25/05/2016 17h00
Vereadores questionam Executivo sobre utilização do prédio

                Na tarde desta quarta-feira, 25 de maio, a Câmara Municipal de Castro realizou a última sessão ordinária do mês. Nesta reunião foram aprovados após votação única cinco requerimentos de autoria dos parlamentares, apresentando questionamentos aos órgãos competentes.

                José Otávio Nocera (PMDB) e Itari Cropolato (PDT) assinam juntos a solicitação de informações quanto a destinação do prédio em que funcionava o Restaurante Cidadão “Vó Marilda”, tendo em vista que as atividades foram paralisadas e o estabelecimento trazia benefícios a muitas famílias, oferecendo boa comida por um preço acessível a toda a comunidade. Cropolato também é autor de documento em que requisita respostas do Executivo com relação a demora na liberação de alvarás para empreendedores do Município.

                As outras três proposições foram protocoladas pelo vereador Luiz Cezar Canha Ferreira (PSC) que requer esclarecimentos quanto a desativação do campo de futebol da Rua Arthur José Gomes e quando serão tomadas providências para melhorias da rua Domingos Faustino Carvalho. Através da última matéria Cezar solicita Voto de Pesar para a família de Manoel Pedroso Machado, Marisa Aparecida Pedroso e Evertom Bruno Machado, vítimas fatais de acidente no último dia 20.

                Em primeira votação foi aprovado o projeto de lei n° 42/2016, que extingue o cargo de gari da estrutura administrativa da prefeitura. A justificativa da proposta evidencia que os atuais servidores ocupantes do cargo de gari continuarão no exercício de suas funções e terão seus direitos assegurados enquanto permanecem no cargo. Na próxima semana o projeto passa por segunda votação.

                Durante o expediente foram apresentadas doze indicações dos parlamentares Paulo Cesar de Farias (PPS), Antonio Sirlei Alves da Silva (DEM), Presidente Gerson Sutil (PSB), Regiane Batista Severino (PRB), José Otávio Nocera (PMDB), Itari Cropolato (PDT), Aline Sleutjes Roberto (PR), Luiz Cezar Canha Ferreira (PSC) e Joel Elias Fadel (PSDB). Através destes documentos os vereadores solicitam providências como: colocação de lombada na Rua Miguel Zadhi, ordenação nas vagas de veículos no Cemitério Frei Mathias, substituição de placa de trânsito instalada na Rua Javert Madureira, recapeamento asfáltico na Rua Arthur José Gomes Machado, colocação de placa com a denominação do Posto de Saúde do Tronco, implantação de um sistema cicloviário em Castro, aquisição de ônibus adaptado para locomoção da equipe castrense de basquete sobre rodas, colocação de anti-pó nas ruas da Colônia Santa Clara e, a manutenção do trecho  da linha férrea na Avenida Dr. Ronie Cardoso.

                Ao final da sessão o vereador Herculano da Silva (PSC) apresentou a poesia da aluna Letícia Camargo no projeto Saudação à Bandeira. A próxima reunião ordinária será realizada na quarta-feira, 01 de junho, às 14 horas. Neste mesmo dia a Câmara realizará a audiência pública das diretrizes orçamentárias para 2017, às 16 horas.