Servidora que vai se aposentar é homenageada em sessão

por Helcio Luiz W Kovaleski publicado 28/02/2020 16h53, última modificação 28/02/2020 16h53
O vereador Jovenil Rodrigues de Freitas fez a homenagem de saudação à Bandeira Nacional

A vereadora Fátima Castro (MDB), presidente da Câmara Municipal de Castro, homenageou, na noite desta quinta-feira (27), a servidora pública Valderes Aparecida de Oliveira da Silva, que está se aposentando. No cargo de contadora da Câmara desde 2011, Valderes cumpriu seu último dia de expediente nesta sexta-feira (28). A homenagem ocorreu durante a Palavra Livre, quase ao final da sessão ordinária.

“Vou pedir licença aos vereadores para fazer um agradecimento à nossa servidora Valderes. Alguns dos senhores podem não estar sabendo, mas ela está se aposentando, e amanhã [sexta] é o seu último dia conosco, aqui na Câmara”, disse Fátima. “Quero deixar registrado o agradecimento em nome dos ex-presidentes e de nós vereadores pelo brilhante trabalho que ela fez à frente da Contabilidade, com dedicação, durante todos esses anos. Com certeza, sentiremos saudades da servidora que ela é, uma servidora exemplar, e damos as boas-vindas à Fernanda [Fontoura Quirrenbach], que assume a Contabilidade, e à Deborah [Cristina Machado Bueno], que assume o Controle Interno”, continuou.

Valderes trabalhou na Prefeitura de Castro durante pouco mais de 17 anos e foi designada para trabalhar na Contabilidade da Câmara em agosto de 2011. “Eu adquiri uma experiência riquíssima na Câmara. Comigo, só aconteceram coisas boas. Sempre tive apoio de cada presidente do Legislativo para desenvolver o meu trabalho”, afirma. “Não conhecia como é a Câmara internamente e descobri que o trabalho dos vereadores é muito grande e importante”, completa.

Valderes é formada em Contabilidade e Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Tem especialização em Administração Pública, com ênfase em Ensino Superior, e MBA em Gestão Pública, com ênfase em Controle Interno – curso que, segundo ela, foi custeado pela Escola de Gestão Pública do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR).

Fogos de artifício

No início da sessão, foram lidos os projetos de lei 05/2020, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a Prefeitura a abrir crédito adicional especial no valor de R$ 231.240,00, e o 06/2020, do vereador Gerson Sutil (PSB), que proíbe a fabricação, comercialização, manuseio, utilização, queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso, no município. Ambos os projetos seguem, agora, para análise e pareceres das comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Finanças e Orçamento (CFO).

O Plenário aprovou em primeira discussão e por unanimidade o Projeto de Lei 03/2020, de autoria de todos os vereadores, que concede recomposição aos subsídios dos parlamentares da legislatura 2017-2020, para este ano. Também recebeu aprovação unânime o PL 04/2020, também de Gerson Sutil, que concede título de Cidadã Honorária à Dra. Rosa Maria da Silva Ribeiro.

Requerimentos e indicações

Nove requerimentos e oito indicações foram discutidos e aprovados por unanimidade. Dois requerimentos são de autoria de Joel Elias Fadel (PSDB). O 20/2020 pede para que o prefeito Moacyr Elias Fadel Junior (Patriota) interceda junto à Companhia Paranaense de Energia (Copel) para retirar a rede elétrica de alta tensão localizada na rua Coronel Olegário de Macedo, no bairro Lacustre; já o 21/2020 pede ao prefeito e ao diretor municipal de Segurança Pública, Antonio Sergio de Oliveira, informações sobre a possiblidade de alteração de sinalização horizontal de trânsito em trecho da rua Major Cândido Cruz, no Jardim dos Bancários.

O Requerimento 22/2020, de Miguel Zahdi Neto (PTB), pede informações sobre a viabilidade da criação de um centro de apoio a mulheres vítimas de violência. O 23/2020, de Rafael Rabbers (DEM), solicita ao prefeito informações sobre o número de vagas para o cargo de preparador de alimentos (categoria E1).

O Requerimento 24/2020, de Jovenil Rodrigues de Freitas (Pode), pede ao prefeito e ao secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Emerson Gobbo, informações sobre a possibilidade de inclusão das ruas Sargento Antônio Dias Cardoso e Amora, no Jardim das Araucárias III, no cronograma de obras de recapeamento asfáltico já em andamento.

Dois requerimentos de autoria do vereador Herculano da Silva (PSC) são endereçados ao prefeito e à Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente. O 25/2020 requer informações sobre instalação de ponto de ônibus com cobertura na rua Coronel Olegário de Macedo, no bairro Lacustre, em frente ao Hipermercado Condor; e o 26/2020 solicita informações sobre instalação de iluminação pública na rua Francisco Pianowski, no Jardim das Nações.

O Requerimento 27/2020, de José Otávio Nocera (MDB), requer Voto de Congratulações aos professores, pais e alunos da Escola Municipal Dr. Jahyr Lopes, pela “valorização de políticas que visam a promoção do desenvolvimento sustentável em prol do meio ambiente”. Por fim, o 28/2020, de Cezar do Povo (PSC), solicita à Secretaria de Esporte e Juventude informações sobre a falta de cobertura do banco de reservas construído no campo de futebol da pista de atletismo.

APP/ Sindicato

O primeiro-secretário da Câmara, vereador Maurício Kusdra (DC), também utilizou a Palavra Livre para falar sobre a APP/Sindicato, entidade que congrega todos os professores estaduais do Ensino Médio. Ele contou que foi procurado, na semana passada, por representantes da APP/Sindicato local para solicitar que o governo do estado reveja o cancelamento das contribuições sindicais. “Quem é sindicalizado ou associado faz uma solicitação de desconto mensal em sua folha para contribuição sindical. Isso é feito de livre e espontânea vontade. Só que, agora, foi colocada uma obrigatoriedade de que as pessoas vão ser desvinculadas do sindicato e novamente vão ter que procurá-lo para fazer novo cadastro”, continuou.

“O que gera isso? Muitas pessoas não vão ter acesso a essa informação. Depois, vão ter dificuldades em procurar novamente o sindicato para fazer novo cadastro. Então, o pedido da APP/Sindicato é para que isso fique a critério de cada servidor, e não do Estado”, explicou Kussdra. “É um modo que o governo utiliza para desestabilizar o sindicato”, observou, informando que fará coleta de assinaturas dos demais vereadores para uma Moção de Apelo endereçada ao governo do estado.

Saudação à Bandeira

Ao final da sessão, o vereador Jovenil Rodrigues de Freitas fez a homenagem de saudação à Bandeira Nacional. Ele leu a poesia intitulada “A Bandeira do Brasil”, escrita pelo aluno Elias da Luz dos Santos, da Escola Municipal Dr. Lourival Leite de Carvalho – Educação Infantil e Ensino Fundamental:

“Brasil, nosso país querido

Que está muito lindo

Verde lá no fundo

Amarelo dando o charme

 

Azul representa o céu

Das aves tropicais do país

Quem desenhou com o pincel

Foi Décio Vilares

 

Com “Ordem e Progresso”

Por onde a bandeira passa

Sempre faz

Um grande sucesso”

 

A próxima sessão ordinária está marcada para segunda-feira (2 de março), no horário regimental das 19 horas.