Compra de vacinas para combate a pandemia

por Claudia Geisler publicado 11/03/2021 13h52, última modificação 11/03/2021 13h52
Câmara aprova projeto que ratifica protocolo de intenções entre municípios do Brasil

O Brasil enfrenta a pior fase da pandemia do Covid 19 desde o final do mês passado. Os números alarmantes divulgados pelos diversos meios de comunicação evidenciam a necessidade de acelerar o processo de vacinação para tentar frear o avanço da doença. Diante dessa situação, os vereadores da Câmara Municipal de Castro aprovaram por unanimidade na sessão desta quarta-feira, 10 de março, o projeto de lei nº 14/2021, de autoria do Executivo Municipal, que ratifica protocolo de intenções entre municípios brasileiros com a finalidade de adquirir vacinas, medicamentos, insumos e equipamentos da área de saúde para combate a pandemia.

O projeto prevê que após ratificado o protocolo de intenções será convertido no consórcio público denominado CONECTAR- Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, com prazo de duração indeterminado e sede em Brasília-DF. O consórcio será constituído inicialmente pelos 1.703 municípios que assinaram o protocolo e são dos estados do Tocantins, São Paulo, Sergipe, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Paraná, Piauí, Pernambuco, Paraíba, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Ceará e Bahia. No Paraná, além de Castro, a capital Curitiba, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa, Toledo, Londrina, entre outras, desejam ratificar o documento.

“Esse projeto é importante pois deixa os municípios preparados para atuação conjunta na compra desses insumos essenciais para enfrentamento da pandemia. Com certeza é uma iniciativa válida, ainda mais quando vemos que o sistema de saúde em várias regiões do Brasil, inclusive nosso estado, estão enfrentando muita dificuldade para atender todos os infectados com a doença”, menciona o presidente da Câmara, Neto Fadel.

Em votação única também foi aprovado projeto de lei que autoriza a prefeitura a abrir crédito adicional especial no valor de R$ 70 mil. Fruto de superávit financeiro da Secretaria Municipal da Família e Desenvolvimento Social de 2020 e oriundo do Programa de Ações do Covid no SUAS, o recurso será aplicado na compra de cestas básicas para execução de ações socioassistenciais devido a situação de emergência causada pela pandemia.

 A Rua “B” no Jardim São Carlos receberá um novo nome. O plenário aprovou em duas votações projeto apresentado pelo vereador José Otávio Nocera (Patriota) para que a rua passe a se chamar Álvaro Bueno. O homenageado nasceu em Castro e começou a trabalhar aos 14 anos. Aos 23 anos, no ano de 1953, foi admitido na Caixa Econômica Federal, atuando em várias cidades do estado até a aposentadoria em 1983. “Viveu em defesa dos necessitados, defendendo-os e ajudando-os no que precisassem”, ressalta o texto da proposta.