Vereadores referendam repasse de R$ 1,4 mi para entidades

por Claudia Geisler publicado 18/02/2021 14h52, última modificação 18/02/2021 14h52
Valores beneficiarão entidades vinculadas a educação municipal

O Centro de Educação Infantil Irmãs Cavanis, a Escola Ninho Sorriso e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Castro (APAE) continuarão a receber repasses do Executivo Municipal para desenvolvimento de suas atividades. Os vereadores da Câmara Municipal de Castro aprovaram na sessão ordinária realizada ontem, 17 de fevereiro, três projetos de decreto legislativo que referendam os termos de colaboração firmados com as entidades por intermédio da secretaria municipal de educação, com vigência a partir de 01 de fevereiro de 2021 até 31 de janeiro de 2022.

Os valores a serem repassados somam mais de R$ 1,4 milhões, mas variam conforme os planos de trabalho e cronograma apresentados. Para o Centro de Educação Infantil Irmãs Cavanis, que atende 170 crianças, o repasse mensal será de R$ 58.628,15, totalizando mais de R$ 703 mil no final do prazo. A Escola Ninho Sorriso receberá R$ 468.610,20, cerca de R$ 39 mil mensais, para manter a estrutura que assiste 210 jovens. Já para a APAE, cujo auxílio se estende a 116 pessoas, serão destinados R$ 238.154,04, quase R$ 20 mil por mês.

O presidente da Câmara, Neto Fadel (Patriota), ressalta que as entidades exercem um papel importante na nossa sociedade ao promover, através da educação, o desenvolvimento bioldos seus alunos. “Esses recursos irão beneficiar as 496 crianças e jovens que utilizam esses centros de educação e são um importante braço da secretaria municipal na promoção da inclusão social nas comunidades em que estão inseridas”, reflete.

Em parecer conjunto, os membros das comissões de Constituição e Justiça e de Finanças e Orçamento, vereadores Gerson Sutil (PSC), José Nocera (Patriota), Joel Fadel (Patriota), Joel Antônio de Souza (PSC) e Jhonnathan Flugel (Podemos), justificam o posicionamento favorável, visto que as instituições comprometeram-se a prestar serviços educacionais e suprem parte da demanda existente junto às organizações públicas municipais.

Calendário oficial- O projeto de lei nº 01/2021, de autoria do vereador Guto Beck (PP), foi aprovado por unanimidade em segunda votação e agora segue para sanção do prefeito municipal. A proposta inclui no calendário oficial do município comemoração por ocasião da sexta-feira santa, contemplando a tradicional encenação da Paixão de Cristo, organizada há mais de 30 anos pelo grupo Jovens Unidos na Santa Cruz (JUSC).

“Quero parabenizar todo o grupo da encenação que há 30 anos fazem esse lindo trabalho na cidade e merecem estar no calendário oficial do município por toda essa trajetória. Deixo aqui meu agradecimento pela dedicação e evangelização desse grupo”, mencionou Beck durante a discussão do projeto.

Cemitérios- A falta de espaço e a indisponibilidade de lotes para venda nos cemitérios municipais foi tema de um dos requerimentos aprovados durante a sessão. Através da proposição Joel Fadel questiona o executivo sobre a possibilidade de aquisição de terreno para implantação de novos cemitérios, a fim de que os procedimentos de sepultamento sejam realizados em espaço condizente.